Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Primaveras de Dor

Porque hoje fazes anos escrevi estas palavras, não têm a Luz e o brilho, mas foram feitas para Ti ... palavras lançadas ao vento, escondidas no coração de alguém, perdidas na imensidão do mar...
____________________________________________________________

Hoje fazes mais uma primavera
Sei que não irei estar contigo
Não irei entregar a tua prenda
Aquela que fiz com tanto Amor e Carinho

Amor? Carinho? Para quê? O que importa?

Sonhos da minha imaginação
Pedaços de céu que tento colorir
Mas que não encantam ninguém
Sou uma pintora sem arte, não sei pintar o Amor

Sentimentos? Sonhos? De que valem?

Para quem destrói ilusões
O que são emoções
Pedaços de madeira perdidos no oceano
Vindo de um naufrágio qualquer

Oceano? Água? Só se forem lágrimas de dor e tristeza

A felicidade não depende de nós
Mas do que nos rodeia, disseste Tu
Só te esqueceste que apesar disso
Ela nasce em nós e brota do nosso peito

Como as flores? Sim, o coração é a terra e o Amor a flor

Um camião passou pela minha cabeça
Senti tudo perdido dentro dela
Quando finalmente percebi aquilo que eu era
Apenas uma menina que se apaixonou

Paixão? Não será sinónimo de desgosto?

Talvez, porque hoje aquilo que tenho na boca
É o sabor amargo de quem se perdeu
Nas palavras mudas e ocas
Que proferiste em silêncio

Em silêncio? Porquê o silêncio?

Hoje no meio e no alto da minha tristeza
Eu continuarei a desejar-te PARABÉNS!
Muitas felicidades e muitos sonhos
Que a vida te possa sempre sorrir

Não te vou oferecer o Amor, que gostaria
Nem a minha companhia, porque sei que não queres
Nem tão pouco a alegria, acho que perdi-a
Ofereço-te apenas o meu silêncio...
Sonya
Enviado por Sonya em 30/04/2006
Reeditado em 03/07/2006
Código do texto: T147736
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Sonya
Portugal, 34 anos
170 textos (17297 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 14:47)
Sonya