Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PRONTA PRÁ FORROZÁ

Di longi iscutei ôcês
Mi chamandu prá festejá
As festa du mês de junhu
Num arrasta pé di lascá
 
Entonci pensei rapidinhu
Si aqui fôru tudu drumir
I si gostu tantu di festa
Pru quê qui num devu ir?
 
Resorvi logu apressada
Amarrá meus cabelu cum fita
Derramá água di cheru nu corpu
I vistir meu vistidinhu de chita
 
Garrei mão du quentão, pamunha, canjica
Pé-di-mulequi, batata dôci assada, pipoca
Bolu di miu vêdi, arrôi dôci, munguzá, cuscus
Mai sem isquecê du bolu di fubá i da paçoca!
 
Prá in siguida currê prá cá i mi juntá cum ôcês
Sartá na fuguêra acesa, cendê fogu, balão sortá
Apruveitá us forguedu e brincá qui nem matuta
Forrozandu nu salão, au som di zabumba i ganzá
 
Êta comu é bão festa junina, sô!
Muita crendici, aduvinhação i simpatia
Desdi santantonhu, sanjuan, inté sunpedu
In todus cantus as humenagi é só aligria!
 
I agora prá agradicê u cunviti da cumadi
Peçu permissão prá meu cumpadi sê meu par
Prumodi a genti forrozá a noiti intêra, sem pará
Nu arraiá, todu infeitadu, nu meiu lá du quintá!
Laura Limeira
Enviado por Laura Limeira em 28/06/2006
Reeditado em 28/06/2006
Código do texto: T184122
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Laura Limeira
Recife - Pernambuco - Brasil
62 textos (3168 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 04:09)
Laura Limeira