Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Mês das Vocações

Vocações são grandes dons
que todos corações bons
recebem para espalhar.
Das vocações, na verdade,
brota a solidariedade
que faz nosso mundo andar.

A igreja, no mês de agosto,
dirige, com muito gosto,
todas suas orações,
para pedir a Jesus
que derrame sua luz
sobre as tantas vocações.

Todo mês é dedicado
para quem, vocacionado,
põe seu amor em ação.
Cada domingo, porém,
é dedicado também
para uma só vocação.

 O primeiro, deste lote,
é do Padre, o sacerdote
que dedica o seu amor
para anunciar, todo dia,
a força da Eucaristia
e a Palavra do Senhor.

 Como Ministro de Deus,
o Padre espalha entre os seus
o conforto desejado..
Oficia os sacramentos,
acalma nossos tormentos,
e até perdoa o pecado.

Ser Padre é sempre servir,
dar a mão a quem pedir,
separar o bem do mal.
Ser Padre é mais do que isto:
é dar para Jesus Cristo
dedicação integral.

 Falando em dedicação,
nós lembramos, com razão,
quem se dedica demais.
Neste domingo, o segundo
deste mês de amor profundo,
é sempre Dia dos Pais.

Ser pai é a grande missão
que Deus põe no coração
dos homens que têm valor.
Se pai é dedicação,
é a total realização
da missão de dar amor.

O pai ilumina a trilha,
ele é a base da família,
ele é uma luz para os filhos.
Quando o pai está presente,
o lar reflete somente
a paz com todos seus brilhos.

O pai é o carinho, o abraço,
apoio em meio ao fracasso,
força em todas as ações.
Ser pai é esbanjar afeto,
é ser exemplo completo
da maior das vocações.

Terceiro domingo agora,
com Cristo e Nossa Senhora
virando o próprio ideal,
lembro o perfume das rosas
das vocações religiosas
de dedicação total.

Religiosos são pessoas
de almas puras, simples, boas,
que fazem dos dias seus
constante consagração
ao sofrimento do irmão,
sempre a serviço de Deus.

Fazem votos de pobreza,
obedecem na certeza
de que na sua bondade,
ao cuidar do mais velhinhos,
dar aos doentes carinhos,
Deus é a própria caridade.

14) Quarto domingo, afinal,
deste Mês Vocacional
de constantes orações.
Lembramos, com muito amor,
o trabalho superior
dos leigos nas vocações.

Leigos são indispensáveis,
prestam serviços notáveis,
são mesmo a igreja em ação.
Eles são protagonistas:
Ministros, ou Catequistas,
ou mesmo em qualquer função.

Os leigos são missionários,
nos seus trabalhos diários
a fé está sempre inspirando..
O leigo inventa o motivo,
ele é o catecismo vivo,
pois vive evangelizando.

Os leigos, padres e pais,
os religiosos totais,
usam a fé com bom gosto.
Nestas nossas orações
lembramos as vocações
saudadas no mês de agosto.

Vocação é a luz divina
que nos guia e nos ensina
para os caminhos do bem.
Que Deus, por estas razões,
ilumine as vocações,
é o que pedimos, amém.
Milton Souza
Enviado por Milton Souza em 12/07/2006
Código do texto: T192389
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Milton Souza
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 71 anos
67 textos (5902 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 09:58)
Milton Souza