Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CASA DE AVÓ TUDO PODE 
 ( 26 DE JUL. DIA DA  AVÓ )


Olhar cheio de doçura...
o coração,só pulsa paz e bondade
e pulsando ele nos diz,
que em casa de avó,tudo pode!

A casa de vovó é tão grande
como o seu lindo e doce coração,
é gostosa,acolhedora e me faz bem
e quando os netinhos chegam,
lá não cabe mais ninguém.

Lá eu brinco,corro,pinto e bordo,
e me esbaldo no jardim,
mas se faço travessuras
vovó olha sério prá mim.

Casa de avó é tudo bom...
lá ela me enche de dengo,
me embala no seu colo
e me aquece com seus beijos.

Mas nem tudo,na casa de vovó eu posso fazer,
pois vovó me educa com amor
e me ajuda à crescer,
me ensina a ter limites
e uma boa criança ser,
eu amo a minha avó
e sem ela não consigo viver!

       florzinha

florzinha
Enviado por florzinha em 26/07/2006
Código do texto: T202109
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Maria Socorro Teixeira de Castro ( Flozinha)). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
florzinha
João Pessoa - Paraíba - Brasil, 64 anos
4138 textos (1194940 leituras)
5 e-livros (3402 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 02:39)
florzinha