Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MEU PAI! VOSSO PAI!

O dia ainda escuro,
Na cozinha um barulho,
E um cheiro gostoso de café no ar,
Como que soubesse que eu viria,
Na pequena mesa num canto,
Um pedaço de pão com manteiga à beça,
E uma caneca de leite quentinho.

Ao perceber minha presença,
Virava-se e sorria, era a melhor
parte do meu dia!

Homem de pouca instrução,
Muita sabedoria, falava pouco,
Mas, com pouco que falava,
Quanta coisa me dizia,
Quantos ensinamentos,
Às vezes com um gesto forte,
Outras vezes com palavras e carinhos!

Sentado ao seu colo
ainda menino, lembro-me bem
de suas palavras:

"Na vida, fica com a maior fatia, aquele que chegar primeiro!"

Meu Pai! 
Seus olhos, seus sorrisos,
E a mesa cheia, sempre farta do melhor,
E mais puro alimento, o amor que ele tinha,
Nutria todos os  seus filhos,
Saciava todas as nossas vontades,
Com brincadeiras, com verdades,
Ensinamentos, ternuras e carinhos!

Esse era meu Pai!
Esse também é uma porção de outros pais,
Cada um,  a seu modo, a seu jeito, 
Transformam medos, choros de criança,
Em segurança e felicidade!

Meu Pai! Vosso Pai!
Aquele que,
Ensinou e repreendeu nas horas certas!

Meu Pai! Vosso Pai!
Aquele que,
Nas horas incertas, difíceis,
Carregava-nos ao colo,
Aconchegando-nos na ternura de um abraço,
Fortalecendo-nos na sutileza de um beijo!

Ao meu pai, a todos os pais de verdade,
O  meu, o nosso muito obrigado!



paulo cesar coelho
Enviado por paulo cesar coelho em 12/08/2006
Reeditado em 12/08/2006
Código do texto: T214757

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
paulo cesar coelho
Niterói - Rio de Janeiro - Brasil
2588 textos (469860 leituras)
57 áudios (6064 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 07:02)
paulo cesar coelho

Site do Escritor