Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A poesia


Não fico a poetar a esmo
Nem faço versos para comercializar.
Não entendo sobre poesia
verso livre
concretismo da sílaba tônica.
Não me permitiria fazer
bacanal de frases
sem expressar
o verdadeiro sentimento.
Para traduzir a beleza
o canto do pássaro
a natureza em festa
é preciso ser poeta.
Eu não entendo de poesia
vazia
deselegante
pedante.
Para exumar
todas as coisas ditas
até o ruflar dos tambores
traduzir esta verdade
é ser um artista!



bette vittorino
Enviado por bette vittorino em 13/08/2006
Código do texto: T215190
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
bette vittorino
Juiz de Fora - Minas Gerais - Brasil, 63 anos
278 textos (35018 leituras)
1 áudios (17 audições)
4 e-livros (251 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/10/17 05:18)
bette vittorino