Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AQUARELA _ DO  _ SERTÃO
 ( 21 Set. / Dia da Àrvore )


Em meio ao calor do sol que queima o chão,
homens de peles queimadas,
de mãos sempre calejadas,
são milhares de corações
que habitam o vasto sertão.

Com dedicação e paciência,
eles lutam com o coração
prá tentar diminuir a degradação,
são mestres em sua sabedoria e ciência.

São os habitantes da Caatinga
que mesmo enfrentando dificuldades,
expressam sua alegria e felicidade
por viverem junto a fauna e a flora tão ricas.

As plantas e a vegetação
dão vida ao homem do sertão,
pois até as plantinhas rasteiras
têm riqueza, têm utilização.

Os altos carnaubais
que grandiosa beleza nos trazem,
sua palha traz brilho e beleza
e depois que é transformada em cera,
é do nosso País grande riqueza.

As folhas do pinhão - roxo,
nas mãos das rezadeiras do sertão,
vão retirando do corpo
todo mal e aflição.

Do lindo e verde juazeiro
o sertanejo tira as raspas de juá,
prá fazer sua higiene bucal
e com os dentes saudáveis ficar.

Sertão de plantas que dão vida,
plantas que o ar puro lhes traz,
homens sertanejos que vivem felizes
dividindo espaço com plantas e animais.

O sertão é pura inspiração,
é vida, é linda magia
que com o pincel de um poeta
transforma - se numa aquarela de poesia.

                 florzinha



florzinha
Enviado por florzinha em 21/09/2006
Reeditado em 21/09/2006
Código do texto: T245433
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Maria Socorro Teixeira de Castro ( Flozinha)). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
florzinha
João Pessoa - Paraíba - Brasil, 64 anos
4138 textos (1195022 leituras)
5 e-livros (3402 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 12:03)
florzinha