Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

                       
                                                       
Rafaella!


                        Se eu soubesse
 
                        Rafaella, minha doce menina,
                        Não tenhas medo!
                        Eu sou você no futuro
                        Vim te contar 
                        Um segredo

                        Antes, porém, me acompanhe
                        Ao dezembro da vida, 
                        Pois lá recordarás
                        Página por página vivida

                        Chegamos!                  
                        Rafaella, minha doce menina, 
                        Não tenhas medo!
                        Vou te contar o segredo
                
                        Lembra-te do dia em que nasceste?
                        Do ciúme provocado
                        Do colinho disputado
                        Com a maninha Raianna

                        Lembra-te dos teus cinco anos?
                        Ciúmes, beicinhos e lágrimas... 
                        Que desapareçam as rivais!
                        Eras a namoradinha do
papai 

                        Lembra-te dos teus dez anos?
                        Com as amiguinhas, exigente
                        E as histórias contadas
                        Pra mamãe confidente

                        Lembra-te dos teus treze anos?
                        Das bonecas esquecidas
                        Dos medos e dúvidas 
                        Das paixões escondidas

                        Lembra-te dos teus quinze anos?
                        Da liberdade almejada 
                        Das dores, amores e sonhos... 
                        Da responsabilidade cobrada 

                        Lembra-te dos teus vinte anos?
                        Dos trinta?
                        Dos quarenta?
                        Dos cinquenta?
                        Dos sessenta? 
                        E tantos outros mais...

                        Rafaella, minha doce menina, 
                        Não tenhas medo! 
                        Não tenhas medo da vida
                        Dos anos que passam,
                        Das lembranças que ficam

                        Pois cada página construída
                        É deveras importante
                        Se intensamente vivida 


       Feliz aniversário, minha doce Rafaella!

A Rafaella é filha do amigo e poeta recantista Estrada Humana (Otávio Costa) e de sua esposa Ana Rosa.
                Clique: www.recantodasletras.com.br/autores/socrates

Maria Aparecida Giacomini Dóro
Enviado por Maria Aparecida Giacomini Dóro em 08/10/2006
Reeditado em 01/01/2016
Código do texto: T259040
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Maria Aparecida Giacomini Dóro). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Maria Aparecida Giacomini Dóro
Bituruna - Paraná - Brasil
447 textos (130431 leituras)
53 e-livros (13699 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 11:52)
Maria Aparecida Giacomini Dóro

Site do Escritor