Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
Inconfidência e Morte

Ah! Se não fosse ele...
Para debelar a fúria de uma maldição
Da traição patriarcal que o tempo corrói
Hoje reconhecemos, nós temos um herói

Demoraram tanto para reconhecer
O nosso medalha de ouro Tiradentes
Nasceu de uma pepita das Minas
Foi uma injustiça, ele ter quer morrer.

Sentistes a opressão da Corte Lusa cruel
Os brasileiros assistiram a tua sorte
Que para conseguir nossa eternidade
Pena Martir! foi preciso ver tua morte

És, um dos pilares da nossa Pátria!
Teus sonhos romperam a maldade
Libertas Quae Sera Tamen!
Tu deverias se chamar liberdade!!!

Oh! Pátria Mãe Gentil!
Por que abandonastes teu filho?
Oh! Bravo Alferes de cavalaria
Como foi bom ter nascido no Brasil
Zedio Alvarez
Enviado por Zedio Alvarez em 19/10/2006
Reeditado em 01/11/2008
Código do texto: T268058
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Zedio Alvarez
Petrolina - Pernambuco - Brasil, 59 anos
3324 textos (117351 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 16:37)
Zedio Alvarez