Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

P A I




Do teu amor, eu nasci,
com o teu amor, eu cresci,
foi do teu exemplo que eu sempre vivi,
em tuas mãos fortes, me segurei,
e, segui teus passos firmes, prá chegar onde cheguei.


Hoje, já um adulto formado,
olho teus olhos cansados,
teus passos , mais lentos tornaram-se,
já tens pouca força nas mãos,
hoje, é o meu amor que te ampara,
meu pai, sustento-te no meu coração.

Meu pai, meu herói, meu amigo,
é em ti, que sempre busco, e, encontro abrigo,
para alegrar e iluminar o meu ser.


No teu colo tão cansado,
beijo os teus cabelos grisalhos,
puro perfume de amor,
e, com tuas mãos fadigadas,
mas, por Deus, eternamente iluminadas,
abençoa, ó pai amado,
teu filho, fruto do teu infinito amor.





Salvador- Ba 26/07/05 21:30 pm




florzinha
Enviado por florzinha em 29/07/2005
Código do texto: T38676
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Maria Socorro Teixeira de Castro ( Flozinha)). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
florzinha
João Pessoa - Paraíba - Brasil, 64 anos
4138 textos (1195105 leituras)
5 e-livros (3402 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 02:11)
florzinha