Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Velhice premiada


Velhice ó velhice sabe que eu cheguei primeiro
Quando te conheci eu tinha andado mundo inteiro
Velhice não me domina com o peso da idade
Os anos foram na frente levando a minha mocidade

Mocidade não foi na frente ela ficou foi para trás
Fiz tudo que pude com ela não me interessa mais
Agora prefiro a velhice já que tem mais experiência
Cuido dela com cainho já que é minha recompensa

As dores da velhice são marcas do meu passado
As dores apenas me lembram como eram contados
Cada ano que eu vencia era mais um numero marcado
Parei de usar caderneta o resto pus na gaveta

Se eu morrer amanhã não levo nenhuma saudade
Fiz tudo que eu quis desde a minha mocidade
Ainda tenho orgulho me mexo e faço barulho
A juventude não enfrenta pois sabe que não agüenta
sterquini
Enviado por sterquini em 26/08/2007
Reeditado em 16/09/2007
Código do texto: T625088

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
sterquini
São João de Meriti - Rio de Janeiro - Brasil, 73 anos
512 textos (28519 leituras)
20 áudios (2920 audições)
3 e-livros (10 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 00:59)
sterquini

Site do Escritor