Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

"POESIA DAS POESIAS"

Poesia feita de frases escolhidas em dezenas de
poemas, de poetas entre brasileiros, portugueses,
e sul-americanos, consagrados.
Esta é minha singela homenagem, aos poetas cujas
frases aqui citei, em comemoração ao Dia da Poesia.


POESIA DAS POESIAS


Ah, poesia, minh'alma de sonhar-te anda perdida...
Porque o mundo me tem requisitado a presença,
pausei a minha verve em estado de dicionário,
mas o coração ferve e clama por meus versos:
-Ó formas alvas, brancas, formas claras!
Porque, poesia, longe de ti são ermos os caminhos,
requisito os versos que, livres deixei medrar...
Ergo-me do meu chão interior a te buscar
A compor poemas de amor, soltos ao vento
E, mesmo sabendo que o amor é
um fogo que arde sem se ver,
de tudo ao meu amor serei atento.

Ah, nesse mundo real tão barulhento,
sempre há uma pedra no caminho e
sem ti, poesia, um desalento:
A Humanidade encontra o mundo,
que ela encheu de vazios!
Canto à Humanidade,
ainda que esta seja a última dor que ela me cause,
e estes sejam os últimos versos que lhe escrevo.
Digo aos meus verdes versos:
Levantai-vos, heróis do novo mundo!
Tudo vale a pena, quando a alma não é pequena!
E veros amigos, versos meninos eu vi!
Dançando nos corações em sonhos, mas
os sonhos um a um céleres voam
como voam as pombas dos pombais!

Busco então, por meus irmãos poetas,
que já cantaram, que ainda cantam, que cantarão!..
A  saudar-vos, poetas, sobranceira
Em primavera versos, vinhos vos buscarão
à sombra das bananeiras, debaixo dos laranjais
e porque sei que todos passarão,
eu passarinho.


Maria Mercedes Paiva
2004





Maria Mercedes Paiva Paiva
Enviado por Maria Mercedes Paiva Paiva em 24/10/2005
Código do texto: T62884
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maria Mercedes Paiva Paiva
São Paulo - São Paulo - Brasil, 66 anos
76 textos (4411 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 04:20)