Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MULHER...ENIGMA

Nadir A D'Onofrio

Nasceu como sendo do sexo frágil,
Dizem que são instáveis.
Sofrem de insegurança,
Esse ser chamado MULHER!
Delicada em suas atitudes,
Persuasiva quando lhe convém...
Acalentadora do maior milagre da vida,
A sublime maternidade!
Gera a vida em suas entranhas,
E paciente tem que esperar,
O ciclo lunar se completar...
Sob dores tem que parir seus filhos,
Alimentando em seus seios os rebentos.
Amorosa nos cuidados com as crias,
Mas vira onça se for preciso,
Só para protegê-los...
Quantas mães passam fome,
Garantindo assim,
A refeição dos filhos.
Algumas trabalhando exaustivamente,
Para ver o menino estudando.
Será um bom doutor diz ela,
Algumas conseguem, ver seu sonho realizado...
Outras choram nas portas dos presídios,
Tantas outras sofrem por serem esquecidas,
Ou abandonadas em um asilo...
Seria mesmo a MULHER um ser humano frágil?

06/03/2005
Santos SP
Nadir DOnofrio
Enviado por Nadir DOnofrio em 10/03/2005
Reeditado em 28/04/2011
Código do texto: T6302

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Nadir DOnofrio
Santos - São Paulo - Brasil
940 textos (96371 leituras)
145 áudios (12666 audições)
18 e-livros (4223 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 28/09/16 03:52)
Nadir DOnofrio

Site do Escritor