Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

TERRA DA GAROA

Nadir A D'Onofrio


Sou paulista!
nascida na terra da garoa,
cidade que a todos acolhe.
Sem distinção de credo ou de raça...
Berço das grandes imigrações,
aqui chegaram nossos antepassados.
No coração traziam a dor da separação,
ao transpor o mar, nos vapores da esperança.
*****
Muitos sabendo que nunca mais
à sua terra natal voltariam.
E desbravando as matas tal qual
os bandeirantes faziam.
Uma grande maioria, nas fazendas de café
trabalhando, como se escravos fossem.
Trocavam seu trabalho pela rústica moradia,
e alimentação do dia a dia.
Ouvindo sempre o que o Senhorio lhes dizia,
Trabalhem, trabalhem,  pois temos que fazer
o ouro negro, como era chamado o café,
do outro lado do mundo chegar
*****
Só que essa brava gente do sonho não desistiu,
muito tempo depois, foi a vez dos nordestinos.
Povo sofrido e pela seca do sertão castigados
sua terra, muitos deles também deixaram,
e na grande São Paulo se aventuraram.
Nessa luta diária na construção de
rodovias, pontes, estradas
sob o ferro e o concreto, muitos corpos
jazem soterrados...
*****
Gente sofredora mas que não desanima,
fazendo crescer os viadutos e arranha céus,
com o suor dos seus rostos,
e a saudade que no seu peito dói.
Essa imensa metrópole,
ainda hoje, continua sendo construída,
com o trabalho  e sacrifício em,
 grande  parte pelos,
nossos irmãos nordestinos.

20/01/2003
Praia Grande SP




 
 

Nadir DOnofrio
Enviado por Nadir DOnofrio em 11/03/2005
Reeditado em 29/01/2016
Código do texto: T6389
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Nadir DOnofrio
Santos - São Paulo - Brasil
940 textos (96374 leituras)
145 áudios (12666 audições)
18 e-livros (4223 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 30/09/16 22:30)
Nadir DOnofrio

Site do Escritor