Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

***EMOÇÕES QUE EU VIVI***

***EMOÇÕES QUE EU VIVI***

 

Noite fria de inverno e eu a recordar

Minha doce professorinha quantas saudades me da

Ainda me lembro quando menina que vivia a fantasiar

E os meus pais assim dizendo,

Você tem que estudar

Ainda me lembro do ranchinho na beira de estrada

Uma pequena escolinha mal acabada

E minha querida professorinha

Que para aliviar meu cansaço da longa jornada

Parava na porta e ficava a me esperar

Com muito carinho vinha me receber

E com aquele jeitinho sabia me confortar

E assim todos vinham requerer sua atenção

E ela sempre tinha um presentinho na mão

Com muito carinho passava sua lição

Pois ela tinha um grande coração

E a gente sentia nela muita dedicação

E toda atenção que ela nos dava

E todos tinham por ela muita admiração.

E hoje sendo seu dia escrevo com emoção

Pois relembro os momentos mais felizes que eu vivi.

Ate mesmo as tardinhas naquele porão

Aonde todos reunião para escrever uma canção

Por que nós tínhamos na frente sua doce inspiração

E depois o pobre violeiro iria pagar um micão.

E a gente sempre rindo inventando outra canção

E assim eu aprendi e hoje passo a lição

Obrigado minha querida

Por ter dado direção a minha vida

Mostrando a realidade

Ensinando-me a ter fé e confiança

E também me mostrou a única esperança

Isso se chama ação!

Você deu o melhor de si.

Isso se chama perfeição!

Ajudou quem precisava.

Isso se chama doação!

Foi compreensiva ao ver que existe diferença

Isso se chama tolerância!

Recebeu com gratidão.

Isso se chama humildade!

Você me amou e todos que ali estava.

Foi um amor diferente,

Você demonstrou ser muito mais do que você é.

Essa é uma fórmula infalível,

 

Para ter uma vida feliz!

 

Autora Nadir Vilela

(direitos autorais reservados)

Em 11-10-2005 Brasil-Itatiaia-Penedo

Nadir Vilela Poetisa
Enviado por Nadir Vilela Poetisa em 10/12/2005
Código do texto: T83896

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Nadir Vilela Poetisa
Itatiaia - Rio de Janeiro - Brasil, 52 anos
572 textos (84739 leituras)
63 áudios (23024 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 08:26)
Nadir Vilela Poetisa