Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

E U

  E U
          Glácia Daibert


Eu sou o amor nascido em tempos errados
eu sou o tempo dos corações deixados

Eu sou um coração morto
que amou muito derepente
eu sou o espaço em busca do infinito maior

Eu sou a morte de um coração doente
eu sou o infinito que me faz menor
eu sou o caminho para passos lentos
eu sou a lentidão de um caminho

Eu sou o poema que só falta um verso
     para que tenha fim
eu sou a própria falta do verso e da vida
porque falta eu em mim

Eu sou um erro cometido no momento exato
eu sou um momento errado
mas eu sou um fato.

GLÁCIA DAIBERT
Enviado por GLÁCIA DAIBERT em 06/03/2006
Código do texto: T119684
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
GLÁCIA DAIBERT
Uberlândia - Minas Gerais - Brasil, 63 anos
108 textos (25287 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 05:03)
GLÁCIA DAIBERT