Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Hoje

Hoje eu sinto um cheiro de chuva
e um gosto amargo de saudade.
As nuvens, agora escuras,
ameaçam a chegada da chuva
que não vem...
O sol que nasceu, não apareceu,
conivente com as nuvens
que manipulam o tempo.
O som ligado traz aos meus ouvidos
uma canção de amor e paixão.

Hoje eu sinto o abraço do vento
que preconiza a promessa de chuva.
É esse vento que sopra suave
em minha memória,
levantando folha por folha
da minha existência.
Às vezes, provoca em mim um riso interior,
às vezes, visualizo páginas tristes, sombrias,
mas duelo com elas e consigo vencê-las.

Hoje, não quero sombras no íntimo.
Hoje, quero dançar o bailado do amor
que espalha alegria, sol e luz
pelo meu caminho,
e que eu possa transmitir
essa irradiação
para o caminho de outrem.

Hoje é hoje.
O amanhã verei depois,
se o amanhã vier.
E que ele venha...
Nadir de Andrade
Enviado por Nadir de Andrade em 15/03/2006
Código do texto: T123390
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Nadir de Andrade
Barreiras - Bahia - Brasil
134 textos (6224 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 18:02)
Nadir de Andrade