Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

HÁLITO DE NETUNO

Desperto preguiçosa
Ouvindo o ronronar de Netuno.
Sinto seu hálito fresco,
Na forma acariciante da brisa.
Presente do rei do mar,
Ao dia que inicia...
Na capela os sinos dobram
Anunciam a hora da Ave Maria.
Uma prece oferecida
Por mais esse dia de vida...
No jardim festival de flores!
Formas texturas e cores.
Observo atenta a gota do orvalho,
Na pétala do amor perfeito,
Reluz como cristal.
Tal qual uma lágrima,
Inocente, rola silente, sozinha,
Não toca a relva, frenesi...
Foi sugada...a brilhante gotinha,
Pelo bico atrevido,
Do fosforescente colibri.

16/03/2006 20:41
Santos SP

Nadir DOnofrio
Enviado por Nadir DOnofrio em 20/03/2006
Reeditado em 27/04/2011
Código do texto: T125940

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Nadir DOnofrio
Santos - São Paulo - Brasil
941 textos (96694 leituras)
145 áudios (12768 audições)
18 e-livros (4283 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 02:35)
Nadir DOnofrio

Site do Escritor