Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Poema Da Quase Primavera




A poesia e toda a sua candura
Apodera-se de meu ser
Todo eu sou só ternura
Como num dia a entardecer.

Lá fora reina a paz mais absoluta
Como na terra os arados
E eu tenho uma ideia resoluta
Vê-los a todos pendurados

Nos meus olhos por sobre o rio
Experimentado novas sensações
Dizendo que não ao frio
E todas as suas insinuações.


Jorge Humberto
05/04/06
Jorge Humberto
Enviado por Jorge Humberto em 05/04/2006
Código do texto: T134007
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Jorge Humberto
Portugal, 50 anos
2622 textos (66669 leituras)
22 áudios (937 audições)
13 e-livros (541 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 10:39)
Jorge Humberto