Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Três poemas bobos, diferentes e altamente inconseqüentes.

Autor: Daniel Fiúza.
23/03/2006

O índio mora na oca
branco sempre se entoca
o peixe fica na loca
na terra tem a minhoca
o bêbado só se invoca
melhor café e o Mooca
coelho vive na toca
a pior praga é a broca,
mas quem vicia é a coca
bom no cinema é pipoca
move o moinho à roca
metamorfose é troca
beijo pequeno é beijoca
galinha morta não choca
filha de rico é dondoca
no pé da orelha é fofoca
salve a saudosa maloca
no pilão se faz paçoca
a do Rio é carioca.

---------------x------------------------------------
Nunca vi.

Nunca vi pena de chester
nem lágrima de jacaré
gente por um ovo em pé
tomar pinga de colher
francamente nunca vi.

Cabeça de bacalhau
o pote do arco-íris
tomar uma sopa no pires
o cabra viver sem bílis
francamente nunca vi.

Cavalo subindo escada
vampiro ir ao dentista
um bêbado equilibrista
um galo perder a crista
francamente nunca vi.

Uma vaca voadora
o político não mentir
a pegada do saci
o preço nunca subir
fracamente nunca vi.

Quem nunca disse mentira
Nunca vi alma penada
Mulher não levar cantada
Zebra que não é listrada
Francamente nunca vi.
---------------x---------------
Formigueiro

Fui subir no coqueiro
pro mode pegar um coco
e quando tava no meio
passei o maior sufoco
um monte de tanajuras
saídas dumas fissuras
me deixaram quase louco.

Eu nem pude dar o troco
desci c'um elas mordendo
algumas até matei,
mas fiquei todo fedendo
onde abunda tanajura
a vida não é segura
sua extinção eu defendo.

O seu traseiro é tremendo,
pior que a ferroada
quando ela solta o rabo
a pele fica encarnada
o mel que sai lá de dentro
de qualquer lado ou centro
deixa a cabeça encharcada.

Essa formiga danada
me fez descer bem ligeiro
quase que quebro o coco
pro causa do formigueiro
agora já fiz minha jura
para não sentir gastura
não trepo mais em coqueiro.

Domfiuza
Domfiuza
Enviado por Domfiuza em 03/05/2006
Código do texto: T149743
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Domfiuza
Santa Barbara D'Oeste - São Paulo - Brasil
1103 textos (142656 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 06:14)
Domfiuza