Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

VIRGULA UMA VIRGULA

Sou um providencial graveto no meio do caminho.
Uma advertência para que os transeuntes pisem com cuidado na pavimentação.
Pois, quando se trafega em piso excessivamente escorregadio,
É muito comum escorregar e se esborrachar no chão.

Na oração o mesmo se dá comigo.
E não aconselho o virgular sedento a golpes de vinho
Tão menos, abster-se do prazer da virgulação.

Afinal, sou eu que dou cadência à fala.
Quando o leitor se nega obedecer ao sinal de pausa:
É muito provável que morda a língua.

Antonio Virgilio Andrade
Enviado por Antonio Virgilio Andrade em 04/05/2006
Código do texto: T150401
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Antonio Virgilio Andrade
Riacho Fundo - Distrito Federal - Brasil
152 textos (16226 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 22:29)
Antonio Virgilio Andrade