Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
                               Respirar
                               sorver a vida
                               No frenesi 
                               do ar,
                              Que convida...

                             Contemplar
                             E amar,
                             A vida escondida
                             Ali e Aqui,
                            Travestida no caqui
                             Que doce convida,
                            Na flor aguerrida,
                            Na chuva cristalina
                            Nos olhos da menina.

                           cantar
                           A vida ...
                          Bela escondida
                          No ar novinho
                         Que o peito aquece,
                         Saber,
                         Que como o vinho
                         A vida oferece
                        Embriagues
                        E amar se deixa
                        Qual doce gueixa....
                        Na grama,
                        Na cama,
                       No riso que se esparrama
                       No  rosto de quem se ama....

                      Enamorar-se
                      Do azul profundo
                      Derramado no céu.
                      Contemplar,
                     Este mundo
                     Tirando o vèu
                    E se desnudar,
                    Segredos desvelar
                   Da terra e mar
                  Mar, rasgando horizontes,
                  De sonhos errantes....

                Contemplar as aves,
                A voar sem entraves...
               E crer,
               Além do talvez.
              Com altivez 
              Buscar a Paz.
                    Paz,
          Que está  esquecida,
          No triste olhar
          Da face ferida
         A clamar,
         Na fome que clama,
       Justiça preterida
      na mente insana,
             Paz,
      Que assim,
      Precisa de mim
      De você,
     Da mão indecisa
     A se fechar....
     E....só então
     Será mais verde a grama,
     Bela a emoção
    O céu será orvalhado
    Macia será a cama
    Sinos serão dobrados,
    Muros derrubados.
    E os pássaros?
    Os pássaros serão encantados
    E os frutos compartilhados
    Serão mais doces
    Que os vinhos importados.
    Os homens?????
     Serão homens
    E não gado....
        

         
 
          
             
              

                      
                           
          
                          
                             

Teca
Enviado por Teca em 25/05/2006
Reeditado em 25/05/2006
Código do texto: T162703

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (citar a autoria de Teca e o site www.recantodasletras). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Teca
Campo Grande - Mato Grosso do Sul - Brasil
1121 textos (122844 leituras)
5 e-livros (1459 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 10:38)
Teca

Site do Escritor