Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Somos todos Bobos da corte



            HOMENAGEM A UM POETA DO RECANTO


            SOMOS TODOS ROBOS DO ANONIMATO
            EM UM PALÁCIO DE MAQUIAGENS...SOMBRIAS.
            ESTAMOS TODOS PERDIDOS NO CENÁRIO ...
            ATORES EM ATO...TODOS OS DIAS.

            VITUPERADOS PELO ARSÊNICO DAS UTOPIAS
            ANARQUIZADOS PELO DESCASO...SEM ALEGRIA!
            CAMBALEANTES COM MAL RUMORES DESILUDIDOS.
            SÓ RESISTIMOS PELO PODER DA POESIA.

            BOBOS DA CORTE, SOMOS NÓS..NA ALEGORIA..
            QUE NOS AVASSALA A MENTE..COM A MENTIRA.
            MENTIRA SÓRDIDA...E BEM ACEITA - EM MAIORIA.
            MENTIRA-VERDADE...ATUAL EM  EUFORIA.

            EXISTEM BOBOS QUE NESSA "CORTE"..NÃO SE
            CORROMPEM..APENAS CLAMAM SEU IDEAL...DE BEM
            VIVER...BEM OPERANTES...ELEVAM A MENTE AO
            DEUS-PODER...QUE EM GARANTIA.. DE SUA ALMA
            S O B R E V I V E R!
           
Valéria Guerra
Enviado por Valéria Guerra em 26/05/2006
Código do texto: T163603
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Valéria Guerra
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
3300 textos (112277 leituras)
195 áudios (9271 audições)
3 e-livros (166 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 14:45)
Valéria Guerra