Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Abraça-me, Beija-me e Ama-me

O meu presente para Ti neste dia é singelo...ofereço-te apenas o meu coração e as palavras Gosto de Ti

Tento nada dizer nem tão pouco pedir
Mas sabes meu querido príncipe
Gostava de te ter Aqui

Abraça-me, beija-me e ama-me

Não sei porque caminhos levas o meu sonho
Pouco percebo do que realmente sentes
Desconheço onde queres chegar
Sinto-te apenas ausente e diferente
Tenho receio de te perder
Ou jamais te alcançar

Abraça-me, beija-me e ama-me

Sei que nada posso fazer
Para te parar
Ou sequer deter
Chamas controle
Ao que eu chamo partilha
Por isso me deixo quieta
Sem saber nada da tua vida
Por estes dias que passam todos iguais
Em que nem a tua voz eu ouço
Porque tenho receio de te ligar
E que o telefone te recuses a utilizar

Abraça-me, beija-me e ama-me

Não sei se estás bem
Se tens algum problema
Desconheço se estás cansado
Se tens saudades
Se gostas de mim
O que fazes com o teu tempo
Onde me esperas encontrar
Com quem desejas estar
Ou sequer se te lembras de me procurar

Abraça-me, beija-me e ama-me

E assim vou seguindo
Alimentando este sentimento
Tenho dias que a tua ausência sufoca
Outros em que o amor me abraça
E me sinto mais forte
Outros em que me desgasto
Torturada nos teus silêncios

Abraça-me, beija-me e ama-me

Eras tu que me contavas a tua vida
Que fazias questão de me inserir nela
Agora as horas passam e pouco sei dela
Talvez por isso proteste ou até mesmo refile
Por gostar tanto de Ti e sentir
Que de nada vale estar aqui

Abraça-me, beija-me e ama-me

E é isso que me custa
Ter tanto para te dar
Acreditar que te podia fazer feliz
Mas por alguma razão que desconheço
Que não me contas
Por razões que me são estranhas
Vivo mergulhada neste muro de silêncio
Em que não quero sufocar o teu espaço
Porque gosto demasiado de ti
Para querer que estejas infeliz

Abraça-me, beija-me e ama-me

Talvez por isso
Eu continue aqui
E neste aniversário
Só te queria dar um beijo
Um abraço
Dizer que te quero
E que espero
Que quem sabe um dia
Também me queiras
Não à distância
Mas ao teu lado
Sonya
Enviado por Sonya em 27/06/2006
Reeditado em 03/07/2006
Código do texto: T183235
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Sonya
Portugal, 34 anos
170 textos (17292 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 22:17)
Sonya