Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A TERMINAR


 
Minha alegria, minha canção,
Meu poema que percorro
Noite e dia, minha solidão,
É devaneio, sensação na pele,
Cacos pelo chão que o vento repele,
Por isso eu digo, pau ou pedra,
Que se a ambos medra
A sombra, por inflexão da luz,
O que neles deixo, em mim é
E já reduz.
 
 
Jorge Humberto
(29/07/2003)
Jorge Humberto
Enviado por Jorge Humberto em 06/07/2006
Código do texto: T188608
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Jorge Humberto
Portugal, 50 anos
2622 textos (66676 leituras)
22 áudios (937 audições)
13 e-livros (541 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 06:54)
Jorge Humberto