Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Inevitável loucura

Súbito, a mão do tempo veio sobre as coisas,
ajuntando idos pedaços ao mar de borbulhas,
co’as vagas dormentes acordando maravilhas,
mistério,florescências parideiras de brisas!
 
Sinos de vagas mortas  despertaram os sonhos
que inundam sonhos caídos, e fê-los crescerem,
pois o sonho dentro de sonho cruzou caminhos,
tingind’um novo sonho com sonhos a florirem!
 
Sonhos d’outrora de pedra,tudo mitos revoltos,
ao sonho d’ outrem se alaram e suaves melodias
transcenderam as pálpebras e restritos recintos,
milagre fez noites em plenos incendiados dias!
 
Matrimônio de sonhos expulsou imprevisto medo,
em romaria sacra, colhendo na noite o segredo.
Que espanto! Que deslumbre! Se isto é loucura,
melhor não vir a razão nessa esfera da candura!
 
Um doce sonh’ arrematado dentro do teu olhar
fez-me navegar sorrindo,das nebulosas ao mar,
rebentando todos os desejos contidos no abraço,
que d’esperanças brotaram o bálsam' em regaço!
 
A força de teu olhar remoto dominou a memória
d’encantados namoros na praia juncada de velas,
infladas d’amor que humanizou a nossa historia.
Tudo era nuvens abraçando os cachos d’estrelas!
 
Santos-SP-16/07/2006
Inês Marucci
Enviado por Inês Marucci em 16/07/2006
Código do texto: T195545
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Inês Marucci
Santos - São Paulo - Brasil, 54 anos
584 textos (23406 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 10:22)
Inês Marucci