Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Vida de flor

Se pensas colher flor de mágica fragrância e de voz imortal
saída do fundo do céu risonho, em constelada chama doce,
antes rega aridez interior que tem cheiro agri-ocre  mortal,
com amor de incrível remissão que nunc’alguém te trouxe!

Tem de ser o amor mais que perfeito,do sangue de tu’alma,
que florestas foi sangrando, a tudo dando adeus indefinido,
expurgada do vício mais singelo, enquanto no seio inflama
a seiva refulgente que fertiliza e cria, calmamente rasgando!

Bebe justiça, sai por aí desdenhando de toda a recompensa,
abrindo-te de porta em porta. Morre! Desfalece! E descansa
no bálsamo de quem triunfou, exultou apenas por florescer
d’um esboço sonhad’onde creu, errou e eternizou o seu ser!

Serás a flor rebentando seja na lua branca,cinz'ou negra,
co’a mente serena, humana e incrível qu’os sonhos singra,
cercando d’amor e d’aroma tudo que bendizer  soluçando,
na crença errando erguerás teu verdadeiro Vergel florido!

Santos-SP-24/07/2006
Inês Marucci
Enviado por Inês Marucci em 24/07/2006
Código do texto: T201103
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Inês Marucci
Santos - São Paulo - Brasil, 54 anos
584 textos (23416 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 09:18)
Inês Marucci