Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Imperatriz do vento.

(Borboletas).

Era uma brisa gostosa.

Frio na espinha.

Coisa de primeiro amor.

O primeiro baile.

Flutuei.

A brisa roçava meu corpo.

Aprendi a navegar.

Caminhar pelo vento.

Esquerda.

Direita.

Pra cima.

Pra baixo.

Tanto faz.

Imperatriz do vento.

Leve e solta como as borboletas.

Felizes em todas as direções...

 

jaeder wiler
Enviado por jaeder wiler em 25/08/2006
Código do texto: T225260
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
jaeder wiler
Mantena - Minas Gerais - Brasil
359 textos (17376 leituras)
9 e-livros (8150 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 06:13)
jaeder wiler