Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

TUDO DE TUDO


Escrevo porque é sólido
visível
palpável.
Escrevo porque não se desfaz,
Nem se liquefaz,
é eterno
romântico
real
e me satisfaz.
Escrevo o cântico dos cânticos,
a poesia dos imortais...
Fosse o poema líquido,
perderia-o feito gotas de chuva,
arredio,
evaporaria-se gases normais,
não seria exposto em murais,
não seria harmônico com estrelas
nem se dependuraria em varais.

Poema é isso,
tudo de tudo,
dança em plenitude,
canções em sintonia,
valsas e magnitude
pensamentos, sonhos e sinfonia.

Onde mais haverá poesia? ... no vácuo?


Wildon
29/08/2006
WILDON LOPES
Enviado por WILDON LOPES em 29/08/2006
Código do texto: T228326
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original ("você deve citar a autoria de AVIENLYW e o site www.wildon.com.br"). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
WILDON LOPES
São Paulo - São Paulo - Brasil, 57 anos
269 textos (14459 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 08:11)
WILDON LOPES

Site do Escritor