Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Hoje de manhã.

Tentei me ajeitar na sombra
o solão pelou a ponta dos dedos
me encolhi no cantinho
cortei a leda
antes um instante
de bater a baianidade gostosa
uma brisa do brejo
preguiçosamente escorado na parede
sentado na calçada gelada
pitando um verde
sorrindo pros ares
que habitam o sul da quebrada
paz de forma inesperada
bem ali
cravado na casa
de quem nem sei
quem é
todo mundo
que chega lá quer
eu não poderia ser diferente
salve salve
a preza decente.




Marco Cardoso
Enviado por Marco Cardoso em 10/10/2006
Reeditado em 10/10/2006
Código do texto: T261065
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Marco Cardoso
Campo Grande - Mato Grosso do Sul - Brasil
1601 textos (34633 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 16:24)
Marco Cardoso