Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

 
 


171 - ESTELIONATO AMOROSO

Sei que não sei escrever
tu ja dissestes-me mais de uma vez,
mas por ti fui conduzido a escrever
e deste ridículo você me fez.
O que não faz um coração
quando apaixonado,
leva-o com poetas comparado
só mais tarde se descobre
que foi tão enganado.
Estou tão envergonhado
quem nem deveria ter postado
mas teu coração não foi roubado,
na época foi-me ofertado.
Eu até por bom tempo relutei
mas ao final me apaixonei.
Você é por demais sedutora
e não tem como não se apaixonar.
Você é um livro aberto
por poesia coberto,
e eu não era esperto.
Cada centimetro do teu corpo,
tem um verso escrito, és uma poesia
mas foi no teu rosto,
que tudo que te falo vi um dia.
Se meus escritos são cifrados
tens teu lindo corpo decifrados
por este meu pequeno olhar.
Pode ser até que não te agrade
mas prendestes meu amor
atraz das grades.
Agora mulher
coloque a virgula onde quiser.
SE O AMOR CONDENA EU NÃO ABSOLVO.
E assim de vez minha vida resolvo.
Tens-me nas mãos, e não fará diferença,
pois serei o eterno fruto da tua sentença.


Resende 
Ofside
Enviado por Ofside em 31/10/2006
Reeditado em 12/02/2014
Código do texto: T278103
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Ofside
Rio Claro - Rio de Janeiro - Brasil
1661 textos (84746 leituras)
38 e-livros (809 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 18:57)
Ofside