Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Viagem passarinheira

De regresso ao meu lar um riso brota
em dança na alameda morna e mansa,
os arvoredos passarinham na conquista,
cujo senhor é meu olhar,que não cansa

de colorir e sorver no cheiro de mata,
embebida de cantares que à alma lança,
em faíscas cósmicas de saudade aberta,
por onde mina cada gota d’esperança!

Meus olhos perdidos na passarinhagem
intrínseca, muito íntima, partícula deles,
azuis, verdes, sol n’água,plácida viagem
desnuda-me a alma a cada troca das peles!

Asas abertas,sorriso solto, no olhar a alma
espia liberta, o mais ansiado viver ganha,
o crepúsculo vem se abrasando na chama,
deliro! É incrível, indescritível a façanha!

Paixões me vêm, ventanias inchando velas
e as afundando por vezes no fundo inferno,
doces ventos sem o que não iria às estrelas,
nem navegar de pego em pego, tão sereno!

Santos-SP-03/11/2006
Inês Marucci
Enviado por Inês Marucci em 03/11/2006
Código do texto: T281353
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Inês Marucci
Santos - São Paulo - Brasil, 54 anos
584 textos (23415 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 04:17)
Inês Marucci