Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DA JANELA DO MEU QUARTO

Da janela do meu quarto,
Ouço pássaros cantarem,
Sinto o vento suavemente,
Entrando pela minha janela,
Que me encontra bem ali
Observando a vida acontecer
Do lado de fora da minha janela.
É da janela do meu quarto,
Eu vejo as pessoas caminhando,
De um lado para outro apressados,
Lembrando naquele momento que:
Estamos bem no meio da semana,
Por isto as pessoas correm,
Para que elas possam cumprir
Seus compromissos retamente.
É da janela do meu quarto,
Vejo a cidade agitada e inquieta.
Então pensativa imagino que:
A cada segundo que passa,
Varias historias de amor começam,
E outras terminam tristemente!
Fazendo deste exato momento,
Um mundo complexo de emoções,
Onde o amor e a tristeza andam juntos,
No compasso de tempo confuso,
Pois a vida nos dá chances,
De escolhas a todo o segundo,
Mas na maioria das vezes,
Não enxergamos o melhor caminho,
Que devemos seguir, movidos pela emoção
Pois querendo acertar no amor erramos.
É da janela do meu quarto,
Imagino vidas e histórias diferentes,
Sendo que todos tem um objetivo em comum,
Encontrar a felicidade emocional,
Junto a sua realização profissional.
É da janela do meu quarto vejo a vida,
E a luta diária do ser humano!...


Glaucia Duarte
Enviado por Glaucia Duarte em 09/11/2006
Reeditado em 09/11/2006
Código do texto: T286951

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Glaucia Duarte
Caraguatatuba - São Paulo - Brasil
1955 textos (250890 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 18:07)
Glaucia Duarte