Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MEL... PARA QUE EU TIRE O CHAPÉU!

Mel é uma cadelinha
marronzinha, cor de mel...
Quando se achega assim pra mim
saracoteia o rabinho e vem
com seu jeito meio tristinho
de querer dizer que sim...

Mel tem história perigosa
esteve entre a vida e a morte, 
mas como é cãozinho de sorte 
encontrou quem acudisse:

Mauro, meu filho do bem,
achou-a e ao veterinário, levou-a...
Mel de quase paralítica,
hoje voa, numa boa!
Pensa entrar para a política,
pra ver se o latido ecoa...

Mel agora vem viver comigo
e eu, sempre louco por cães
dar-lhe-ei carinho e abrigo...
Mel é mistura de bassé com vira-lata,
É finura de tão dócil, de pacata,
com carinha tristinha de beagle...
E agora comigo não mais correrá perigo. 

Aproveitem e curtam comigo
as fotos da Melzinho, conto contigo!
Mel já foi personagem no nosso teatrinho, 
justamente numa peça dita “HEURECA!”
Que é uma das minhas prediletas...

Melzinho seja na cor ou na candura,
ambas nas propriedades do mel...
E é pra ela que eu tiro
e tirarei sempre o chapéu!

Antonio Fernando Peltier
Enviado por Antonio Fernando Peltier em 11/08/2011
Reeditado em 11/08/2011
Código do texto: T3152775
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Antonio Fernando Peltier
Araci - Bahia - Brasil, 69 anos
1455 textos (68693 leituras)
43 áudios (4018 audições)
8 e-livros (615 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/08/17 14:40)
Antonio Fernando Peltier