Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

GARIMPEIRO DO AMOR

Garimpos,que na vida percorrí,
por tantos,que na vida andei,
depois de muito andar,parei aquí,
por que uma grande riqueza,achei...

Nos garimpos,que muito tempo viví,
la dos lados das serras,de Iracema,
muito mais pobre ,de lá saí,
sem ter encontrado a gema...

Garimpei milhares de rios,
andei por lagos,lagoas e ribeirão,
mas sempre fiquei a ver navios,
pelos garimpos da solidão...

Tanto tempo,por terras a lavrar,
sempre buscando algum valor,
depois de tanto tempo,garimpar,
conseguí,garimpar o seu amor...

Andando por terras sem fim,
sempre enfrentando a incerteza...
Mas estava tão perto de mim,
voce,a minha grande riqueza...

Dinheiro,não tenho,isso e uma verdade,
mas hoje,ja não vivo mais sozinho,
dos garimpos,agora so a saudade,
minha riqueza e o seu carinho...
GIL DE OLIVE
Enviado por GIL DE OLIVE em 25/08/2007
Código do texto: T623339
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
GIL DE OLIVE
Campos do Jordão - São Paulo - Brasil
2597 textos (229938 leituras)
31 e-livros (2314 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/08/17 12:49)
GIL DE OLIVE