Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Agradecimento



Apesar do abrandamento
de novas leituras na relação
o sentimento mantém-se firme
mesmo sem cuidar
mesmo que um dia brinde
apenas à memória
de um odor que apenas sonhei.
 
Quero crer
ver com os meus próprios olhos
as certezas de um passado seguro
pleno de vitórias sem esforço
semeando amor e vontade.
 
Apeteceu-me o abraço
naquele momento de solidão
um anjo trouxe-me paz
no preciso instante da partida
havia pouco para contar
e o mundo já era nosso.
 
Apesar do abrandamento
da espontaneidade ausente
das ilusões cansadas
o amor segue frenético
como se houvera corpo
para o saciar
 
E eu penso em ti
na vida que me transmites
no odor que nunca senti
num terno abraço que apenas sonhei.
 
Tudo é pouco ao pé de ti
a alma voa e voa e voa
e a cada vez que assenta
mesmo sem o teu odor
a tua presença necessária
a alma agiganta-se
e agradece o prazer de viver!
Manuel Marques
Enviado por Manuel Marques em 27/08/2007
Código do texto: T626361

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Manuel Marques
Espanha, 45 anos
548 textos (58972 leituras)
50 áudios (13972 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/08/17 22:32)
Manuel Marques