Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

                                      Gestação

                        A madrugada silenciou
                        Da noite o agito
                        Na curva dos teus lábios entreabertos...
                        Recolheu aí a dor do que não fui e não sou
                        Encerrando em tí  o  meu grito
                        E este caminhar  incerto  

                        No céu da tua boca
                        O apelo de todos os pássaros
                        Recolhido ao ocaso
                        E o gemido dos meus  fracassos
                        Contra um céu onde sangram astros...

                       Mas tu dormes docemente
                       Em meio à  tempestade...
                       Sob os olhos em mistério gestas
                       O júbilo  crescente
                       Da manhã que avança
                       No espaço insondável deste olhar...
                       No  horizonte prenuncias um hino de esperança,
                       Promessas de flores e sonhos a cultivar! 
Teca
Enviado por Teca em 02/09/2007
Reeditado em 04/11/2007
Código do texto: T635093

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (citar a autoria de Teca e o site www.recantodasletras). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Teca
Campo Grande - Mato Grosso do Sul - Brasil
1127 textos (123434 leituras)
5 e-livros (1480 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/08/17 12:49)
Teca

Site do Escritor