Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AUTO DA PRIMAVERA
 

AUTO DA PRIMAVERA

 

Do Verão, és alma gêmea - a irmã preferida,

Que lhe coça as costas e massageia o ego.

Se apagas as cinzas e regas de cores a vida,

Em tua presença, a cantar no banho me pego.

 

Do Inverno, és meio-irmã, mas deves-lhe gratidão:

Sem ele não serias tão prestigiada, tão rainha...

À sua sombra, tomas as rédeas da coloração,

Despertando paixões do amanhecer à tardinha.

 

Do outono, és prima querida, afinada e generosa:

Juntas alimentam almas e levam perfume à mesa.

Se a uma agradeço por ser de frutos a dadivosa,

À outra rendo homenagens por viver tanta beleza.

 

Corres o Planeta, carregando no bolso a esperança,

Para presentear os “inverneiros” de plantão.

Há os que te aplaudem desde os tempos de criança,

E os que nem sabem se um dia te aplaudirão.

 

Mesmo assim vais injetando tons e sabores

Nos poros saudáveis da Mãe-Terra adoentada,

Para mostrar aos homens como podem as flores

Provocar, em suas vidas, a grande virada.

 



Vejam também Dueto formatado com Efigênia Coutinho:
http://www.avspe.eti.br/efi9/primavera/index2.html
 
Sandra Fayad Bsb
Enviado por Sandra Fayad Bsb em 13/09/2007
Reeditado em 27/01/2015
Código do texto: T651382
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Sandra Fayad Bsb
Brasília - Distrito Federal - Brasil
652 textos (234812 leituras)
31 áudios (9005 audições)
5 e-livros (3711 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/08/17 22:55)
Sandra Fayad Bsb

Site do Escritor