Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A carta

O carteiro me olha
E cai na risada...
Depois daquela palhaçada
Pulei na frente dele
Bem na calçada

Ele ia passando
As cartas entregando
E eu na porta esperando
E para os lados olhando
E o carteiro demorando

Que carteiro danado!
Não vê o meu estado?
Estou muito ansiosa
Para com essa prosa
Me dê logo essa carta preciosa!

De longe eu o vi chegando
Minha vista foi certeira
Naquele envelope amarelo
Está minha relíquia verdadeira
Do meu amor a carta primeira

O malvado adivinhando
Pra me entregar demorando
Pra minha cara olhando
Acabou enfim por me entregar
E eu de tão feliz um beijo queria lhe dar

Mas entrei rapidinho
Mesmo assim dando pulinhos
Fui me sentar num cantinho
Saboreando este momento tão meu
Podendo sentir o cheiro teu...

Ah,meu amigo Carteiro,valeu!
Constelação Unica
Enviado por Constelação Unica em 16/09/2007
Código do texto: T654428

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Constelação Unica
Bauru - São Paulo - Brasil
1534 textos (111322 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 22:49)
Constelação Unica