Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O medo do poeta diante do teclado


ele perde o chão
perde as palavras
ainda sendo um grande amigo delas

um contra-magnetismo compele e constrange
suas mãos frente às teclas

ele, que, certa vez, perdera a voz
e deixara mudo o seu violão
ao nascer de sua filha, sua flor
- ele pensou que sua música era pequena
diante da grandeza daquela flor

ele é assim
agora ele tenta escrever algo
que defina com justiça e beleza
a beleza daquilo que lhe chega
mas não consegue
é só um poeta
não é um homem prático
e o que vê é natureza viva
é vitrine astronômica
é ultra-realidade com a furta-cor das galáxias
é mais que música e poesia
como não ser traído pelos dedos no teclado?
- como vai transformar em palavras uma bênção?
Luciano Fortunato
Enviado por Luciano Fortunato em 21/09/2007
Código do texto: T661945
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Luciano Fortunato
Mendes - Rio de Janeiro - Brasil, 47 anos
561 textos (79847 leituras)
20 áudios (426 audições)
15 e-livros (3280 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 08:33)
Luciano Fortunato