Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Bloco das Margaridas

Bloco das Margaridas
Guida Linhares
 
Sai a rua o Bloco das Margaridas,
ao som da alegre música.
E dizer que ontem
elas estavam tão tristes.
Mas hoje é um novo dia,
e elas resolveram botar fora
toda a tristeza
e fantasiar-se com todas as cores,
e perfumes da exuberante natureza.
Afinal a vida é tão curta,
então...o melhor é mesmo
curtir o momento presente!
As mais sérias, vestiram branco,
a sua cor original,
de pureza e mansidão.
Mas as assanhadas,
quiseram o vermelho-rubro mesmo!
Ousadas margaridas
que querem mudar de cor,
ao sabor da paixão!
Quem sabe um cor-de-rosa
não seria melhor!
Afinal as paixões cegam,
e quem vai com muita sede ao pote,
se afoga!!!
Rsrsrs...é mas quem não gosta!
Quem puder que resista!
Mas as brancas margaridas
apesar de faceiras e contentes,
percebiam que todos os cravos da redondeza,
vermelhos e brancos,
preferiam se juntar às rubras dançarinas
e brincar acompanhado
é muito melhor do que brincar só!
Assim, para que a festa fosse
uma alegre celebração de amor e paz,
resolveram aderir à fantasia das cores,
pois sem elas, a vida fica meio cinzenta.
E o bloco parecia um arco-íris,
serpenteando por entre a grama dos canteiros,
atraindo as borboletas e beija-flores,
bem-te-vis,  pardais e rolinhas,
a saudar a primavera que chegou,
com toda a sua magia e explendor!
E você que leu até aqui,
junte-se ao Bloco das Margaridas,
sentindo a doçura de fazer parte,
das boas coisas
que a vida graciosamente oferece,
a quem tem olhos
de ver beleza e sentir alegria!
Um lindo dia!
 
Santos/SP - 27/09/07
 
Guida Linhares
Enviado por Guida Linhares em 27/09/2007
Código do texto: T670908
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Guida Linhares
Santos - São Paulo - Brasil, 70 anos
1957 textos (162941 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/10/17 18:53)
Guida Linhares

Site do Escritor