Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Luas em versos




Serena e nua eu vejo a noite
quando a lua passeia
e quando seu traje, o meu luar,
cai sobre o meu corpo afoito
por tantas luas outras
que nem no céu cabem.

Varo a amar por madrugadas frias
na vigília de sonhos acordados
onde tudo me é desejado
como se  sonhar fosse ouvir uma serenata
para fazer amor.

E embrenho-me entre estrelas
e o sol me acorda às carreiras
porque há um dia
e  preciso acordar e fazer versos
criando outras doiradas luas...
Paulino Vergetti Neto
Enviado por Paulino Vergetti Neto em 30/10/2007
Código do texto: T715953
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Autor: Paulino Vergetti Neto.(paulinovergettineto.blogspot.com/)). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
Paulino Vergetti Neto
João Pessoa - Paraíba - Brasil, 59 anos
2382 textos (136578 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/08/17 00:17)
Paulino Vergetti Neto

Site do Escritor