Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Manhãs



Suaves têm sido as manhãs por estas terras...
As reminiscências são como néctar,
que se alastram pelo solo, um tanto arenoso,
talvez, devido a grande  ciranda da vida.
Alegria!
Sonhos!
Retrospecção...
É fim de ano,
Mais um ano
Que  escorre por entre os dedos das possibilidades.
Possibilidades?
Sempre!
Desde que haja esperanças,
Certeza de que nunca estamos sós.
Amigos!
Amores!
Saudades do que já se foram...
Acheguem-se os que nos espreitam pelas frestas da alma.
Venham todos,
Breve será Natal!
Assentemo-nos à mesa,
Confessemos nossos sonhos,
Plantemos nossos ideais...
Havemos de colher lágrimas, ao relembrar os sonhos,
Mas, em cada lágrima, nascerá uma esperança.
Manhã após manhã,
Juntos, plantamos nossos sonhos,
Lançamos sobre a terra nossos ideais,
União,
Realização!
Eis! É tempo de colheita
Em nossas vidas,
Nosso solo,
Nosso ser!
Festejemos, pelas manhãs que permanecemos juntos,
Pelos dias que vimos o alvorecer no ombro do amigo,
Pela dádiva da vida!
Suaves têm sido as manhãs ao lado dos que aprendemos a  Amar!

Tenham todos um dia MARAVILINDO!
Os Amo!
Já disse isso a alguém, hoje?
Lembre-se: somos parte de uma grande família. Sejamos especiais na vida daqueles que o Senhor semeou por nossas terras. Vidas! Assim como você é especial na minha!
veronica eugenio
Enviado por veronica eugenio em 27/11/2005
Código do texto: T77042

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
veronica eugenio
Cachoeiro de Itapemirim - Espírito Santo - Brasil, 55 anos
39 textos (2379 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 05:32)
veronica eugenio