Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

"Rasteiras"

Rasteiras

Quanto mais eu vou vivendo
Sofrendo e me comovendo
Vejo que a vida me arrasta
Mais me embola na trapaça
Castiga meu coração e passa...

É um eterno trapacear
Nos risos choro o azar
Nem quero mesmo imaginar
Quero é logo passar ligeira
Mas ela me derruba na rasteira...

Vivo em eternas rasteiras
Dos sonhos, umas tremedeiras
Porque implorei teu ficar
Mas logo caí da ribanceira
Pois pensava só em besteira...

Ando na vida sozinha, sorrateira
Pisando em ovos toda faceira
Mas a danada da vida me ultrapassa
E me deixa sozinha na fumaça
Sou planta rasteira, não sou uma trepadeira...

Mas quem viver verá, que ela é um eterno passar
Vive passando aqui , passando acolá
Sem ter pouso pra ficar, se ficar
Ficará também ao Deus dará
Passando tão devagar
Mal dá para acreditar...

Rasteira é bom pra nos deixar
Tontas com seu arrastar
Mas se ficar só no rastejar
É coisa pra se pensar
Cair e se levantar
Senão é puro azar...

Se penso um pouquinho em amar
Lá vem ela me criticar, me aporrinhar
Não sei se é pura implicância dela
Ou se eu é que não consigo mais ficar
Na corda, no balancê, balançar
Que vida desgraçada fui arranjar...

Vou na rasteira pra ela mostrar
Que arrasto ela também
No chão nós duas vamos ficar
Na gangorra sobe e desce
Nem dá mais pra escorregar
Quero que ela vá se danar...

Myriam Peres
Myriam Peres
Enviado por Myriam Peres em 15/12/2005
Código do texto: T86229
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Myriam Peres
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 86 anos
473 textos (54599 leituras)
5 e-livros (275 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 22:31)
Myriam Peres