Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Quem nunca, esqueceu de viver...

Ouça o cantarolar dos passarinhos, tecendo seus ninhos, trazendo no bico galhos secos e no aconchego do seu lar, protegendo seus filhotes.
De madrugada onde o silêncio toma conta, somente é quebrado o gelo, quando o cantar do galo e os pingos da chuva repentina bate contra os vidros, fazendo festa.
E na certeza da manhã seguinte, os raios do sol, voltam a brilhar, mesmo com trovões barulhento sendo um tormento.
Desenhar no espelho do banheiro depois do banho tomado, ofuscado pela água quente, corações recheados de beijos.
No aroma que vem da cozinha, do gole encorpado de café torrado, sabor inigualável.
Quem nunca falou sozinho, depois de uma noite de carinho, quem nunca abraçou o travesseiro, sendo lenço para secar lágrimas de saudade de um amor ou de uma amizade.
Com delicadeza, rabiscou versos inspirado por alguém, sentiu na pele o toque, mesmo estando distante.
Quem nunca esperou ansiosos, uma carta ou simples telefonema, para ouvir nem que seja, "Olá, como está".
Quem nunca dormiu abraçado, e acordou virado para o outro lado, apalpando de olhos fechados, procurando o outro.
E brincando de esconde-esconde, descobriu do quanto ser criança lhe faz feliz.
E roubar corações e emoções, cativar no peito afeto, tem mais valor de qualquer dialeto.
Que você pode doar sorriso, sem deixar de ser uma pessoa séria e estender a mão, não lhe custa nenhum tostão.
E sair um pouco da triste realidade, lhe faz feliz de verdade, plante flores e cultive diariamente observando-a crescer, regue com carinho e desabroche junto com elas, perfumando tudo ao seu redor.
Mas não esqueça da sua própria essência, ela é que encanta e te faz viver.
Quem nunca...
Riu de si próprio, em trocar nomes de pessoas e lugares,
E parado abobalhado vendo uma vitrine, apontou o dedo, dizendo eu quero isso ou aquilo.
E tomou banho de perfume, para impressionar alguém, ajeitou os cabelos olhando no retrovisor, e dizendo aquela velha frase, "Espelho, espelho meu, existe alguém mais lindo do que eu".
Ou acordou com aquela cara amassada, se sentindo arrasada.
Quem nunca testou uma tintura nova nos cabelos, nunca terá o prazer, ou desespero.
Quem nunca prometeu a si mesmo, que na segunda-feira iria começar aquele regime, e desistiu nas primeiras horas da manhã, quando pensou será que terei que comer, água e maçã.
Quem nunca, depois de vestir-se bem, pensou, hoje não tem pra ninguém.
Quem nunca...
Esqueceu de viver.
 

 
Escrito em: 17.07.2005
Por Águida Hettwer

Águida Hettwer
Enviado por Águida Hettwer em 12/01/2006
Código do texto: T97787

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Águida Hettwer
Sapiranga - Rio Grande do Sul - Brasil, 42 anos
1258 textos (116352 leituras)
15 áudios (2138 audições)
6 e-livros (2257 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 00:32)
Águida Hettwer

Site do Escritor