Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Abraço

De repente apeteceu-me abraçar-te
com força, muito apertado
neste momento encantado
sentires o calor do meu coração
as nossas almas fundirem-se numa só
num amplexo tão inocente
como se fossemos duas crianças
sem maldade
sem medos
sem pressa de chegar
O peculiar de mãos entrelaçadas
em doces sintonias
embalado pela saudade
emoções brotam, neste entardecer
deleito-me no leito da alma.
Isa Castro
Enviado por Isa Castro em 01/02/2006
Código do texto: T107001
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Isa Castro
Portugal
169 textos (11647 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 11:55)
Isa Castro