Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

HOSPITALIDADE


Há um bem entre os mais bens,
no correr da existência,
a que não renuncio e de que não prescindo:
A amizade leal,
a boa convivência,
a perfeita assistência aos amigos.
Bem vindo
seja ao meu lar,
amigo!
O dia de hoje é lindo
e a manhã
trouxe a rosa ao jardim
- minudência importante na espera à visita sorrindo...
Bem vindo, amigo, vindo a minha residência.

Casa de sertanejo altivo e hospitaleiro,
rústica e pobre,
nunca entretanto vazia!
A panela no fogo é grande e há bom tempero.

Há aguardente da boa e coco da Bahia...
E uma rede no alpendre estendida.
O terreiro
é bem cuidado e limpo.
Entre, amigo, e sorria!

                   Salvador, 15-02.1964
João Justiniano
Enviado por João Justiniano em 11/02/2006
Código do texto: T110550

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Ex: cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
João Justiniano
Salvador - Bahia - Brasil, 96 anos
619 textos (19610 leituras)
13 e-livros (1027 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 02:29)
João Justiniano