Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

É chegada a hora!


È chegada a hora
de soltares o remo deste barco,
-que a força em tuas mãos e de teus braços,
impulsionou até agora!
Dará a vez a outras forças,
deixando em nós imensa saudade!
Não...
Não chores!
-Não é o caso de lágrimas!
Sorria!
-Pois seu sorriso será a luz deste dia!
Leva consigo a certeza do dever cumprido;
feito com amor e carinho!
Passamos por momentos de tormentos e tempestades...
Mas saiba, que assim fizemos, juntos, irmanados!
Deixamos que parta com o coração leve,
pois nosso amor por ti não te aprisiona!
Nossas mãos soltam as amarras...
Que nos ataram até agora!
E por nos te amarmos é que deixamos que parta...
Existem outros mares, outras águas, outros barcos,
que precisarão da firmeza de suas mãos, e a força de seus braços!
Nosso amor por ti não sendo egoismo,
não é carcereiro nem cadeia!
Quer ver o bater de suas asas,
sobre outros mares, sob outros céus,
na direção de outras auroras!
Adeus... É chegada a hora!

27/02/2006
Edvaldo Rosa
Enviado por Edvaldo Rosa em 27/02/2006
Código do texto: T116652
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Edvaldo Rosa www.sacpaixao.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
Edvaldo Rosa
São Paulo - São Paulo - Brasil, 55 anos
1727 textos (173663 leituras)
23 áudios (10645 audições)
35 e-livros (8977 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 00:38)
Edvaldo Rosa

Site do Escritor