Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MEU PAMPA

Meu pampa:

Paisano.
Quem és, tu.
Que não te identificas
Mas queres saber quem sou
Não devia te responder
Mas por cortesia vou te dizer
Sou filho deste pampa
Que um dia foi de meu pai.
E hoje e meu por herança.
Por isso que não preciso
De identidade por aqui
Pois este pampa e meu
E irás me entender.
Se por aqui tu ficares.
Será seu pampa também.
E este pampa vais amar
Por isso paisano eu peço
Jamais te identifique a outros
Primeiro te identifiques
Com esta pampa, paisano!


                         Volnei R. Braga:









Volnei Rijo Braga
Enviado por Volnei Rijo Braga em 04/03/2006
Código do texto: T118431
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Volnei Rijo Braga
Pelotas - Rio Grande do Sul - Brasil, 69 anos
2314 textos (147462 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 12:37)
Volnei Rijo Braga