Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Á beira do rio



Venha, oh vida! Sente-se  comigo
à beira do rio,fale-me se  de coisas simples,
molhe os pés nas águas frias,
sem incomodar os peixinhos.

Preciso de alguém, que comigo caminhe
por estradas floridas, deite-se na relva
ainda molhada pelo sereno,
ensine-me a contar estrelas e  carneirinhos.

Venha, oh vida! Faça-me  acreditar
na simplicidade de um sorriso,
sem deixar, no entanto,
de vislumbrar o mar distante.

Seja alegre como a chuva de verão.
ensina-me
a enfrentar o  intenso inverno.

Venha, oh vida! Seja riacho, quando eu for nascente;
correnteza, quando eu for lagoa,
mar, quando rio eu for.

Faça-me acreditar,
oh vida,  novamente nos sonhos,
no ser humano, em mim.

Vem, Sente-se comigo, oh vida,  à beira do rio!



veronica eugenio
Enviado por veronica eugenio em 29/03/2006
Código do texto: T130795

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
veronica eugenio
Cachoeiro de Itapemirim - Espírito Santo - Brasil, 55 anos
39 textos (2378 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 18:06)
veronica eugenio